Skip to Content Skip to footer
Para ver o conteúdo específico da sua localização, retorne ao país ou região que corresponde à sua localização.
Sugestões
  • Nenhuma sugestão

Como configurar monitores duplos em MacBooks Apple M2 ou M1?

  • outubro 20, 2022

O Apple M1 Pro permite dois monitores externos, o M1 Max até quatro monitores externos e o M1 Ultra até cinco monitores com uma docking station.

Mesmo assim, as CPUs M1 são limitadas quando falamos de monitores duplos. Os usuários da Apple que precisam de vários monitores para otimizar fluxos de trabalho e realizar tarefas têm lutado para encontrar uma solução. 

Embora o chipset M2 apresente melhores recursos que o chipset M1, ainda há restrições de exibição no chipset base.

Se você precisar usar vários monitores nos novos MacBooks M2 da Apple (ou tiver o MacBook M1 original) que permitem apenas um monitor, as soluções da Kensington incluem docking stations e adaptadores de vídeo que permitem configurar vários monitores rapidamente.

Neste artigo, vamos mostrar dois casos de como usar monitores duplos com dispositivos MacBook Pro ou Air com chipsets base M1 e M2.

Setups com Dois Monitores para Apple M2

De acordo com as especificações técnicas da Apple para a nova versão do MacBook Air e o novo MacBook Pro, o M2 permite apenas “um monitor externo com resolução de até 6K a 60Hz”.

Na WWDC 2022, a Apple anunciou que o M1 (o original, não as versões Pro/Max/Ultra) e o novo M2 continuarão a oferecer compatibilidade apenas para um único monitor.

Para usuários que quiserem usar mais de uma tela nesses dispositivos, essa notícia pode ter sido um balde de água fria. No entanto, a Kensington pode ajudar.

1) Como conectar dois monitores a um MacBook se você já tem uma docking station

Se sua área de trabalho já conta com uma docking station, basta conectar adaptadores de vídeo USB-A DisplayLink a ela para expandir a capacidade de exibição. Depois de conectar, baixe o driver DisplayLink para macOS mais recente. Seu desktop já está pronto para usar vários monitores, simples assim.

Alguns adaptadores disponíveis compatíveis com a Kensington são:

Com o software de adaptador de vídeo mais recente da DisplayLink, você pode usar sua docking station para conectar até cinco monitores ao M1 MacBook.

Se você tiver algum problema depois da atualização do software, confira se a versão mais recente do software da DisplayLink foi instalada.

2) Configuração de monitor duplo para MacBook Pro/Air (M2/M1) se você não tem uma docking station e não quer usar um adaptador 

Se nunca usou uma docking station e não quer usar um adaptador adicional, a Kensington tem várias docking stations com USB-C DisplayLink disponíveis. Não será necessário um adaptador extra para conectar vários monitores, pois esses produtos aproveitam a tecnologia da DisplayLink.

Dois monitores conectados a um MacBook com um docking station SD4750P Kensington

Assim que decidir qual docking station com DisplayLink é mais adequada à sua configuração de estação de trabalho, basta baixar o DisplayLink software for macOS mais recente. As docking stations com DisplayLink da Kensington incluem:

Amplie seus recursos de tela para vários monitores com uma das soluções de docking listadas acima. Com uma docking station equipada com DisplayLink, você poderá usar todo o seu setup sem soluções complexas ou adaptadores adicionais.

Suporte para um monitor com MacBooks com chipset base M1/M2

A decisão da Apple de permitir apenas uma única tela nativa é difícil de entender, a princípio. No entanto, com o lançamento dos chipsets Pro, Max e Ultra, o motivo ficou mais aparente.

Assim, para qualquer dispositivo M1 de chipset base (e os novos dispositivos M2 base), os usuários precisarão ser criativos se precisarem de mais de um monitor externo. Mesmo com as mudanças mais recentes na arquitetura de chip da Apple, você pode ainda usar o novo MacBook com vários monitores externos. 

Com uma docking station USB-C, Thunderbolt 3 ou Thunderbolt 4 da Kensington, os usuários dos MacBooks M2 e M1 podem trabalhar bem com suporte a apenas um monitor externo. Outros recursos dos docks (portas Thunderbolt/USB, ethernet, áudio, etc.) funcionarão sem problemas.

Como maximizar a produtividade com o novo MacBook M1 ou M2

Quem usa MacBooks para o trabalho depende da inovação para ter novas eficiências e acelerar fluxos de trabalho. Os MacBooks M1 incorporam várias operações nos seus chipsets de alto desempenho, que vão muito além dos processadores antigos.

No início de junho, a Apple anunciou outro avanço empolgante no ecossistema do MacBook: o lançamento do chipset M2. Esse design mais recente oferece desempenho incomparável e mais velocidade de processamento de vídeo e imagem.

O que sabemos sobre o chip M2 mais recente da Apple

A próxima geração de tecnologia da Apple projetada especialmente para o Mac é o chip Apple M2. 

A Apple anunciou o lançamento do chip M2 em um comunicado à imprensa em junho, declarando “novos níveis de desempenho e recursos com economia de energia”. O novo chip M1 vai além para o MacBook Pro atualizado (13”) e o MacBook Air completamente reprojetado. 

Os chips M2 são um aprimoramento da tecnologia de 4 nanômetros de segunda geração e têm 20 bilhões de transistores, 25% a mais que o M1. Você tem mais memória, melhor desempenho e tecnologias personalizadas de última geração da Apple. 

Veja o que você precisa saber sobre o chip Apple M2 mais recente e como ele melhora a experiência do usuário para os MacBooks M2 Pro e M2 Air:

M2 MacBook Pro

O M2 MacBook Pro permite que os usuários realizem fluxos de trabalho em altíssima velocidade com uma CPU de 8 núcleos e uma GPU de 10 núcleos mais poderosas. Faça streaming de vídeos de 4K e 8K ProRes e crie gráficos incríveis com memória unificada de 24 GB.

As especificações adicionais do M2 MacBook Pro apresentam os seguintes recursos:

  • 4 vezes mais rápido que modelos M1
  • 6 vezes mais rápido que modelos Intel
  • Até 20 horas de duração de bateria
  • Armazenamento SSD de 2 TB

M2 MacBook Air 

A Apple reprojetou o MacBook Air M2 em torno do chipset M2 de última geração para aumentar a velocidade e a eficiência energética. Com apenas 1,2 kg e 1,11 centímetro de espessura, este é um laptop ultracompacto, ultrarrápido e ultracapaz que permite trabalhar, criar e jogar quase tudo que quiser, em qualquer lugar.

As especificações adicionais do M2 MacBook Air apresentam os seguintes recursos:

  • 4 vezes mais rápido que modelos M1
  • 15 vezes mais rápido que modelos Intel
  • Até 18 horas de duração de bateria
  • Armazenamento SSD de 2 TB
  • 24 GB de memória unificada

Resumindo, o chipset M2 fez com que o MacBook Air (e o MacBook Pro) tenha o uso mais fácil e o melhor desempenho dentro do ecossistema da Apple. Isso também significa várias opções de tela quando usado com uma docking station da Kensington.

Os MacBooks da série M melhoram o desempenho visual quando combinados com soluções da Kensington

A Kensington tem uma linha de docking stations DisplayLink líder do setor, que permite o uso de várias telas para seus MacBooks com chipset M1 ou M2.

Para usar mais de uma tela em MacBooks M-series Pro, Max ou Ultra, a Kensington tem várias soluções Thunderbolt que permitem transferência de dados de até 40 Gbps, vídeo Dual 4K e alimentação de 85 W ou superior com um único cabo.

Confira os adaptadores de vídeo e docking stations da Kensington, que oferecem tudo que você precisa para usar várias telas.

 

NanoSaver® Trava com Cadeado

NanoSaver® Trava com Cadeado

Proteja os equipamentos da sua empresa

Solicite um orçamento